Arquivo para 17 de outubro de 2008

Cartão de crédito

Estão querendo que as compras a prazo feitas  no cartão de crédito sejam de diferente valor do que compras a vista. Os comerciantes alegam que as despesas com manutenção das máquinas dos cartões (que algumas chegam a R$200) e a demora no recebimento, seriam as causas da diferenciação de cobranças. Querem que, quem paga a vista, receba um desconto. A lei manda que hoje, compras a vista (seja a dinheiro ou a débito) e a prazo tenham o mesmo valor, sem essa diferença na cobrança, o que na prática é o que acontece. Em várias lojas de Porto Alegre, há um acréscimo na compra a prazo, mesmo que seja em uma só vez.

Acho essa prética abusiva. As compras a vista e a prazo devem ter o mesmo valor, sem acréscimo para um e desconto para outro. Com essas práticasa abusivas, quem paga mais caro somos nós, consumidores. A comodidade e facilidade que os cartões de crédito trazem é maravilhosa. Tem gente que não entra mais em lojas que não operam com cartões. E já que eles vieram pra ficar, que possamos usá-los e ter o direito de escolhermos como pagar, se a vista ou a prazo, com o mesmo preço.

Anúncios
Anúncios